• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Vimeo - Black Circle

Simpatia257 é um espaço na Vila Madalena criado em 2019 pela Katherina Tsirakis. Idealizado como um studio para locação para produções e ensaios; um ambiente com aulas e workshops voltados para práticas do corpo (como Yoga e dança) e com shows e mostras. Katherina define o espaço como uma "alquimia artística", a onde pessoas alteram seus estados e se desenvolvem através da criação seja auto-criação nas aulas de ioga, ou criações artísticas.   

Como chegar: 

Professores 

Pedro Moreno

pedro.jpeg

     Pedro Moreno é profissional da área artística e corporal a mais de 20 anos.

    Iniciou seus estudos aos 14 anos de idade como aluno da escola Klauss Vianna em São Paulo, passou pela primeira companhia de dança urbana do país Unidade Móvel Street Dance co. e trabalhou durante 6 anos como professor de dança e arte - educador na antiga Febem (SP). Pratica Ashtanga Vinyasa Yoga desde 1997 aprofundando suas referências com inúmeros cursos e retiros instrui desde 2003. Foi fundador e diretor de um dos primeiros shalas de yoga em São Paulo (Santosha Yoga Shala) além de ser sócio e fundador de unidades desde 2001 e atualmente instrui práticas de ashtanga vinyasa e gokul method no Espaço Florescer.

 

   Aprofunda- se no método Gokul de hatha yoga com Jani Janitten a.k.a Gokulacandra. Tendo acabado de chegar de mais um aprofundamento de Filosofia de Hatha yoga na Malásia.

Atua como supervisor de prática de asanas na Fazenda Toca no Interior de São Paulo.

Trabalha em conjunto com quiropráticos, massoterapeutas, fisioterapeutas, instrutores de esporte e treinamento funcional a fim de criar o melhor método para as pessoas que o solicitam. Acredita no corpo como integração pessoal para uma sociedade mais consciente.

Patrícia Bergantin

pati.jpeg

Através de imersões individuais e coletivas, observar, investigar e provocar toda sensação que gera movimento que gera sensação, percebendo que esse moto-contínuo é chave para uma sensibilidade de conhecimento sobre si e sua dança.

Baseia-se em princípios da Meditação Vipassana, no Modo Operativo AND e em princípios do Movimento Autêntico. Os procedimentos ativam o corpo enquanto um aglomerado de energias químicas, mecânicas, elétricas e magnéticas, entre outras, ao invés de uma forma bruta que carrega um significado de antemão. O pixel enquanto imagem, a fractalização e o sentido enquanto direção são alguns dos princípios básicos para os procedimentos propostos. Mover a empatia e o espaço entre, borrando a linha que define e divide sujeito e objeto.

A metodologia sempre parte da observação das sensações do corpo, do entendimento de corpo enquanto política e da reciprocidade enquanto proposta de viver junto. Assim, o corpo é experienciado sobretudo enquanto matéria(propriedades e possibilidades), atenuando o eu-sujeito molarizado, interpretado e assujeitado pelo senso comum.

Público alvo: Indicado a qualquer um que se identifique com a proposta, independente de sua experiência com dança.

 

Esta prática já foi realizada em 2018 na Capital 35 e Centro de Referência da Dança, em 2019 no Lab Mundo Pensante e na Leviatã durante o Laboratório de Verão AND, e agora acontecerá no mês de maio na Simpatia257.

Camila Venturelli

Dança Clássica – uma abordagem somática

 

O curso consiste em uma abordagem da dança clássica a partir de práticas da educação somática, a fim de reconhecer e reconstruir a técnica pela perspectiva do artista pesquisador contemporâneo. Trata-se de acessar o código do balé pelo entendimento de seus alinhamentos ósseos, tônus muscular, uso do peso, coordenação motora, equilíbrio, volume, direcionamento espacial, e utilizá-lo para o estudo do movimento e cuidado do corpo na dança e no cotidiano.

 

 

Camila Venturelli é bailarina, preparadora corporal e professora de dança, mestranda em Artes Cênicas (ECA-USP) e graduada em Comunicação das Artes do Corpo (PUC-SP). Formou-se bailarina clássica e professora pelo método cubano de ensino do balé, junto à Escola Nacional de Ballet de Cuba e, desde então, vem pesquisando a técnica através do estudo de técnicas somáticas, aliada à prática do bailarino contemporâneo. Realizou formação em Cadeiras Básicas e Liberação Miofacial na Associação Brasileira de Rolfing, o curso de extensão “Compreendendo o Movimento Humano” na Faculdade de Medicina da UNIFESP, curso de Análise Funcional do Balé Clássico com Zélia Monteiro e Elaine Ferrão, além de anos de práticas com Eutonia, Técnica Klauss Vianna e Método da Coordenação Motora, as quais influenciam seu trabalho como educadora do movimento. Coordena o Laboratório de Manuseio do Gesto, que tem como sede o Centro de Referência da Dança, com o qual desenvolve pesquisa artística a partir das relações entre gesto, cotidiano, memória e coreografia, relacionada à sua pesquisa de mestrado. Realiza trabalhos artísticos autorais e preparação corporal de grupos de dança e teatro. Já foi contemplada pelo ProAC Primeiras Obras de Dança, integrou a Cia Oito Nova Dança de 2011 a 2017 e é co-fundadora e integrante do coletivo Núcleo de Garagem.